em

A estação Ferroviária de Santo Ângelo está em reformas

Iniciou uma reforma da Estação Ferroviária de Santo Ângelo e a construtora responsável pela obra pretende entregar o serviço até o dia 10 de setembro, antes do primeiro passeio turístico experimental de trem, “O Trem das Missões: um reponte pelas etnias”.
Os ingressos estão a venda e as viagens serão realizadas entre Santo Ângelo, Catuípe e Ijuí. Este passeio será cultural e de resgate histórico. O passeio será a bordo de uma “Maria Fumaça Mallet 204” (locomotiva movida à lenha) nos dias 20, 21, 22, 28 e 29 de setembro.

A reforma inicial
Na edificação em reforma pretende-se criar dois espaços distintos, um deles, gastronômico e o outro, histórico/cultural. No primeiro, serão servidos pratos da culinária regionalista e gaúcha e no segundo, organizada uma mostra de artefatos e documentos que compuseram a história do transporte ferroviário da região e Santo Ângelo.
A Estação Ferroviária de Santo Ângelo está localizada no Bairro São Pedro, é um patrimônio público federal concedido para a Rumo Logística.
A edificação estava depredada, mas recentemente, por meio de um acordo intermediado pelo Ministério Público Federal (MPF), foi possível firmar uma parceria e a concessionária destinou recursos na casa de R$ 100 mil para que a Associação de Entidades Tradicionalistas de Santo Ângelo (ASSETRASA) iniciasse o processo de revitalização e reapropriação do espaço.

Segundo passo…
A reforma é uma das primeiras ações práticas para sustentar a nova fase de atividades da estação ferroviária de Santo Ângelo, que a médio e longo prazo pode ser transformada em um parque de convivência, viagens regulares de trem e fomento ao turismo.
Paulo Faganello é o presidente da ASSETRASA e fala com cautela, pois entende que é necessário envolver a comunidade de Santo Ângelo, os moradores do Bairro São Pedro e também os possíveis turistas que possam vir a realizar os passeios de trem.
O passeio de setembro compõe um projeto turístico experimental, portanto ainda não é definitivo.
As edificações que compõem a Estação Ferroviária de Santo Ângelo estão em uma área de terra de 6,5 hectares, neste local tem-se a intensão, a médio prazo, de implementar melhorias, como o plantio de grama, criar áreas de convivência, caminhada e acolhimento de futuros turistas.
Paulo Faganello relata que a reforma é só um “ponta pé inicial”, e compreende a necessidade de comprometimento do poder público na construção de vias de acessos para veículos, entre outras ações de infraestrutura urbana, necessárias para potencializar o projeto. Paulo acredita ainda que é necessário idealizar ações que tenham continuidade, ou seja, comprometimento com os projetos numa visão de longo prazo.

O Trem das Missões
O primeiro passeio programado para setembro parte da Estação do Bairro São Pedro, em Santo Ângelo, às 8h, chegando às 10h30 em Catuípe. Às 11h o trem segue para Ijuí, com chegada marcada para às 13h. Às 14h o trem faz o trajeto Ijuí-Catuípe e, às 16h30, Catuípe-Santo Ângelo. O retorno de cada trecho ocorrerá de ônibus, ao município de origem. O Trem das Missões: um reponte pelas etnias, é um projeto do Ministério Público Federal (MPF), Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e prefeituras de Santo Ângelo, Catuípe e Ijuí.

Onde adquirir
Já foram Iniciadas as vendas de passagens para os passeios do Trem das Missões. Os bilhetes estão à venda na loja Perfil Moda Feminina, Idealize Design e pelo site www.ihtur.com.br

Fonte: Jornal O Mensageiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comentários

0 comentários